15/08/2018

Resenha || Em pedaços, Lauren Layne


“Cheguei a conclusão de que o melhor que cada um de nós pode fazer é reparar da melhor forma possível os erros que cometemos com as pessoas que magoamos, e se esforçar mais no futuro. Um dia por vez e tudo o mais”.

Titulo: Em pedaços - Recomeços 1
Autora: Lauren Layne
Editora: Paralela
Ano: 2018 / Páginas: 248
Onde comprar: E book / Físico

Uma garota com segredos corrosivos. Um ex-soldado com cicatrizes externas e internas. Um amor que pode salvar ambos... ou destrui-los de vez.
Aos vinte e dois anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa — mas, por dentro, guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-saído da guerra. O que ela não esperava era que seu paciente seria um jovem enigmático de vinte e quatro anos tão amargurado quanto atraente.
Paul Langdon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, principalmente, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da Guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesinha nova-iorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul: ela o incomoda, mas ele não consegue afastá-la, por mais que tente.
Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor. 


Olivia é uma jovem  e bela mulher que tem tudo a seus pés. Uma família que apesar de super protetora a ama muito, um namorado lindo e apaixonado a quem ela também ama e cursa administração em uma das melhores universidades de Nova York. Quando tudo isso escapa entre os seus dedos Olivia decide reparar sua culpa ajudando ao próximo, é assim que ela acaba se mudando para o Maine, um lugar isolado para cuidar de um veterano de guerra ferido em batalha. Ela não conhece nada sobre sus história, nem está muito interessada em saber, tudo o que Olivia quer é fugir da sua vida atual, pagar a sua culpa e retomar a sua vida de onde parou.

"Sinto uma onde de desejo tão intensa que quase perco o fôlego. Desejo por ela, por sua risada, pelo jeito simples como espera coisas boas de mim só porque acha que sou bom."

Paul é um veterano de guerra que, mais que as cicatrizes exteriores, carrega dentro de si cicatrizes sem tamanho e a culpa por estar vivo. Por isso ele decidiu se trancar na casa de seu pai e viver de solidão. bebida e mal humor, até que uma loira linda e de boca esperta atravessa seu caminho fazendo-lo lembrar não só de tudo o que perdeu, mas do que jamais poderá sonhar em ter.

Mas para conseguir aplacar pelo menos uma parte das dores do passado ele precisa da ajuda do seu pai que o intimou a conviver pelo menos por 3 meses com Olivia. Olivia não imaginava encontrar um homem tão jovem e bonito quando mal humorado e grosseiro mas ela não é de se render fácil ou baixar a cabeça assim  decide lutar para cumprir seu dever e ajudar Paul mesmo que isso a acabe machucando mais do que ela já está ferida.


"Seus olhos nada revelam além de confiança, e sinto um aperto no coração. Neste momento eu sei. Eu amo Paul."

Assim, entre muita luta externa e interna, cenas de arrancar suspiros e risadas e muito amor, vamos vendo a evolução de dois personagens intensos, lindos e quebrados que lutarão até o fim para juntar seus pedaços e sobreviver ao intenso desejo que há entre eles. 

Em pedaços é uma comédia romântica intensa, apaixonante e divertida. Daquelas que nos prende e nos cativa. Somos apresentamos a personagens fortes, humanos como nós, sucessíveis a erros e acertos, a sonhos e lutas, mas principalmente ao amor, um pelo outro, e acima de tudo, por si mesmos. Se você curte histórias nesse estilo ou deseja conhecer esse gênero tão envolvente não pode deixar de ler esse livro. Eu li, reli e recomendo. Não poderia deixar de ser 5 estrelas e favorito.

"Você fez com que me sentisse completo de novo. Pegou uma alma infeliz e em pedaços e mostrou como voltar a viver."

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.